Notícias » Interior

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

MPPE manda mais uma denúncia contra prefeito de Gravatá para MPF

Terça-feira, 27 de Outubro de 2015 às 19:55

Sem alarde, no último dia 20 de outubro, o Ministério Público do Estado (MPPE) mandou mais uma denúncia contra o prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (sem partido), para o Ministério Público Federal (MPF).

Desta vez,  trata-se de um suposto crime de responsabilidade do prefeito, que repercute na esfera federal, cabendo a análise à Procuradoria Regional da República, órgão do MPF que atua em segunda instância. A pena máxima prevista na lei para este tipo de crime são doze anos de cadeia.

O Blog de Jamildo já tinha noticiado que esta mesma Procuradoria Regional da República requisitou o interrogatório de Bruno Martiniano pela Polícia Federal (temida por 11 entre 10 políticos atualmente) e mandou documentos sobre o gestor para o Tribunal Regional Federal.

Esta é mais uma confirmação da tese de advogados criminalistas, ouvido pelo Blog sob reserva, de que MPPE, MPF, TCE e Polícia Federal estão “agindo em conjunto” nas investigações contra Bruno Martiniano. Pelo raciocínio do advogado, a renúncia é o caminho mais inteligente para o gestor.

“Pelas notícias publicadas, já está demonstrado que os órgãos não vão recuar. Por mais que Bruno resista, ele não tem como vencer um cabo de guerra contra MPPE, TCE, Polícia Federal e MPF juntos”, disse o jurista na época.

© Verdade FM
BRLOGIC