Notícias » Ciência e Saúde

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Novembro Azul: Sete novos casos de câncer de próstata surgem a cada hora

Terça-feira, 3 de Novembro de 2015 às 21:04

Doença mais prevalente entre a população masculina, o câncer de próstata acomete 69 mil homens por ano segundo o Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca). Ou seja, surgem, a cada hora, sete novos casos da doença, que não tem prevenção. No entanto, o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento curativo. Infelizmente, um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) neste ano apontou que 51% dos homens nunca consultaram um urologista.

 

Para conscientizar a população sobre a importância dos exames anuais a partir dos 50 anos, a SBU e o Instituto Lado a Lado pela Vida realizam o Novembro Azul –  campanha focada na conscientização do câncer de próstata no Brasil. Ao longo deste mês, serão realizadas ações em todos os Estados brasileiros, que contemplam a iluminação de pontos turísticos e monumentos, palestras informativas e intervenções em locais de grande circulação, além do 8º Fórum de Políticas Públicas e Saúde do Homem, que será realizado em 17 de novembro (Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata) na Câmara dos Deputados, em Brasília.

“Pessoas da raça negra e quem têm parentes de primeiro grau que tiveram a doença devem procurar um urologista para avaliar a necessidade de iniciar seus exames a partir dos 45 anos”, alerta o presidente da SBU, Carlos Corradi. O exame da próstata consiste no toque retal e na dosagem sérica do PSA no sangue.

banner_grande_novembro_azul1

Campanha é focada na conscientização do câncer de próstata no Brasil

A realização de exames nessa faixa etária está relacionada à diminuição de cerca de 21% na mortalidade pela doença em estudos de grande porte e longo seguimento.

“O urologista é o profissional médico capaz de diagnosticar e tratar a doença. Por vezes, o auxílio do oncologista e do radioterapeuta é necessário. Na maioria dos casos iniciais, o paciente não tem sintomas. Só a avaliação rotineira com o exame de PSA e o toque retal permitem estabelecer a suspeita e prosseguir na investigação”, afirma o diretor de comunicação da SBU, Carlos Sacomani.

 

Saiba mais

Fatores de risco:

– Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos)

– Histórico familiar

– Raça (maior incidência entre homens da raça negra)

– Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras, legumes e grãos

– Sedentarismo

– Obesidade

Sintomas (só aparecem nos casos avançados):

– Vontade de urinar com urgência

– Dificuldade para urinar

– Levantar-se várias vezes à noite para ir ao banheiro

– Dor óssea

– Queda do estado geral

– Insuficiência renal

– Dores fortes no corpo

© Verdade FM
BRLOGIC