Notícias » Política

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Governo adia prazo para pagamento do eSocial

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2015 às 20:01

O Palácio do Planalto informou que irá adiar até o último dia útil deste mês o prazo para pagamento do eSocial - programa que formaliza a contratação de trabalho doméstico e permite o recolhimento unificado de tributos. Nesta quinta-feira, 5, o governo publicará uma medida provisória prorrogando o prazo por não ter sido possível solucionar problemas no sistema para a emissão do Simples Doméstico. O prazo limite fixado inicialmente para realizar o cadastramento no programa de pagamento dos tributos sobre os salários dos empregados domésticos se encerraria na sexta-feira, dia 6. Agora, o novo prazo passou para 6 de dezembro.

A Receita Federal já havia reconhecido que milhares de pessoas em todo o País enfrentavam dificuldades na emissão da guia de pagamento do eSocial e, por conta disso, trabalhava em um "plano de contingência". O Fisco, no entanto, dizia que o prazo não seria alterado. Se não fosse adiado, quem não conseguisse emitir a guia e pagar o tributo poderia ser multado.

© Verdade FM
BRLOGIC