Notícias » Mundo

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Decisão da Suprema Corte do México pode facilitar legalização da maconha

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2015 às 20:41

A Suprema Corte do México garantiu nesta quarta-feira (4) a quatro pessoas odireito de usarem maconha, em uma decisão que pode vir a ser um grande passo em direção à legalização da droga em um país com uma história sangrenta no conflito do governo com os cartéis.

 


O Tribunal Penal da Corte Suprema declarou que as pessoas devem ter o direito de produzir e distribuir maconha para uso pessoal.

Embora a decisão não derrube as leis atuais sobre as drogas, ela pavimenta as bases para uma onda de ações legais que poderiam finalmente reescrever essas leis, segundo defensores da legalização da maconha.

Por 4 votos a 1, o tribunal determinou que proibir as pessoas de consumirem maconha é um ato inconstitucional.

A produção e a comercialização da maconha são ilegais no México.

Ainda assim, em 2009, o país tornou legal transportar até 5 gramas de maconha, 500 miligramas de cocaína e pequenas quantidades de heroína e de metanfetamina.

© Verdade FM
BRLOGIC