Notícias » Interior

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Passageiros já percebem restrição de uso da porta do meio dos ônibus (e reclamam)

Sexta-feira, 6 de Novembro de 2015 às 20:41

Nem a confusão nem os gritos de "abre a do meio, motô" adiantaram para que os passageiros do TI Pelópidas (Cde. da Boa Vista) conseguissem descer pela porta do meio quando chegaram à Praça do Derby, na área central do Recife, pela manhã. O motorista da linha é um dos que já está cumprindo a norma de restringir o embarque e desembarque pela terceira porta apenas aos terminais de integração e, ao longo do intinerário, aos deficientes e casos de emergência. Porém, muitos usuários do transporte coletivo discordam da medida, alegando que a superlotação não permite que ela entre em prática.

Quem relatou a situação foi a gestora de recursos humanos Renata Mota, 32 anos. "Teve muito tumulto porque todo mundo teve que correr para poder descer por trás, até porque era um ônibus articulado. Ninguém avisou antes e o motorista não explicou o motivo por que estava fazendo aquilo", contou. Para ela, a ação dificulta a mobilidade dos passageiros.

Fernando Bandeira, presidente do Urbana-PE, entidade que representa os donos de empresas de ônibus, discorda da usuária. "Eu não vejo essa dificuldade. Sempre usei ônibus quando estudante e nunca tive essa dificuldade. É só, quando vir que está se aproximando o lugar de descer, ir para a parte de trás", minimizou.
 

Nos TIs, passageiros podem usar a porta do meio
 

A orientação aos motoristas de não usar a porta do meio está sendo confundida nas redes sociais com o Projeto de Lei 206/2015, em tramitação na Câmara do Recife. Porém, o PL não foi votado e aguarda pareceres. As comissões de Legislação e Justiça e de Defesa dos Direitos Humanos, Contribuinte e do Consumidor já aprovaram o documento, mas ainda é necessária a avaliação da Comissão de Meio Ambiente, Transporte e Trânsito.

O que está em vigor é um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado por representantes das 13 empresas de ônibus que atuam na Região Metropolitana no Procon-PE. O órgão determinou que, por segurança, o uso da porta do meio seja restrito. Quem descumprir o acordo a partir de 14 de abril poderá ser multado. A penalidade será no valor simbólico de R$ 2 mil. 

O TAC prevê ainda a instalação e o funcionamento correto do equipamento de segurança Anjo da Guarda, um sistema que impede a abertura das portas com o carro em movimento, em todos os veículos. As empresas de ônibus devem também iniciar uma campanha de conscientização dos passageiros até 14 de novembro. Segundo o presidente da Urbana-PE, a primeira ação foi colocar adesivos nas portas do meio informando as situações em que elas não podem ser abertas.

Bandeira explicou que o uso da porta central fora dos terminais integrados é inseguro por dois motivos principais. "Como as pessoas forçam a porta para entrar, quebram o dispositivo e a porta fica muito mais sensível, podendo abrir no caminho e causar acidentes", justificou. Além disso, afirmou que o elevador instalado pelas pessoas com mobilidade reduzida já foi estragado algumas vezes por causa do uso inadequado. 



Nos TIs, passageiros podem usar a porta do meioFoto: Luiz Nogueira via comuniQ

Os ônibus passaram a ter a agora polêmica porta do meio em 2011, após a publicação de uma lei para garantir acessibilidade no transporte coletivo. Isso não virou realidade até hoje, no entanto. "Muitos motoristas não entenderam até hoje que a porta não é só para os cadeirantes como eu e não deixam que a minha esposa, que tem problemas nas pernas (mobilidade reduzida) e está grávida, suba pelo elevador", denunciou Luiz Batista, 43, que esperava o no Derby. "Não importa se abrem para quem não é como ela e eu."

Aguardando o ônibus ao lado de Luiz, a estudante Letícia Vilar, 18, frisou que o sistema de transporte é precário e superlotado. O funcionário público Francisco Orlando, 50, concorda com ela. "Foram muito infelizes nessa medida. O ônibus é muito extenso e cheio, então romper todo o fluxo de pessoas para ir para trás, tendo uma porta, é uma incoerência", afirmou. "Entendo que talvez seja mais seguro, mas, com os ônibus lotados do jeito que estão, se deslocar para trás é muito complicado. As pessoas que andam de ônibus sentem a diferença. Quem fez isso não anda de ônibus", ponderou ainda a estudante Maria Cecília Cintra, 22.

 

© Verdade FM
BRLOGIC