Notícias » Interior

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Famílias de pacientes são vítimas de golpe em hospital de Caruaru

Sexta-feira, 6 de Novembro de 2015 às 21:01

Um novo golpe está sendo aplicado em Caruaru, no Agreste do estado. Os bandidos, não poupam nem mesmo que está com familiares doentes em hospitais. Uma as vítimas foi o professor de educação física, Manoel Junior. O homem, se passando por médico, ligou para o telefone dele, exigindo quase R$ 3 mil para internar o parente dele na UTI.

O pagamento deveria ser feito em uma conta corrente do estado de Minas Gerais. A vítima contou que o falso médico tinha informações do pacientes, que são restritas ao hospital. “Um médico, dizendo que o nome dele era Bruno César e que era diretor do Hospital Santa Efigênia, que eu precisava fazer esse depósito urgentemente para poder fazer o exame no meu cunhado”, disse.

Manoel Junior disse ainda que a insistência do médico foi grande e ele quase caiu no golpe. “Ele ligou oito vezes para o meu telefone nós chegamos a providenciar o dinheiro para fazer o depósito, a sorte foi que o serviço de assistente social do hospital alegou que seria um golpe”, contou.

Ao tomar conhecimento do problema, o representante do hospital foi até a segunda Delegacia da Polícia Civil para prestar o boletim de ocorrência. Até agora ninguém foi identificado.

© Verdade FM
BRLOGIC