Notícias » Interior

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Laudo aponta diazepam em suco de alunos e professora é indiciada

Sábado, 7 de Novembro de 2015 às 20:17

A professora que teria dado suco com tranquilizante aos alunos de uma escola municipal, em Sanharó, no Agreste de Pernambuco, foi indiciada pela prática do crime disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente, que trata do fornecimento de substâncias que podem causar dependência física ou psíquica as crianças ou adolescentes. As informações foram passadas pelo delegado do município, José Luzia.

Segundo o delegado, o laudo médico divulgado esta semana apontou que o suco que as crianças tomaram continha diazepam. Durante depoimento, a professora teria dito a polícia que o suco era para ela, mas como algumas crianças pediram, ela acabou dando involutariamente. O depoimento não convenceu a polícia, que acabou a indiciando.

A Polícia Civil já encerrou os trabalhos e encaminhou o inquérito ao Ministério Público, que deve decidir se irá ou não denunciar a professora.

ENTENDA - Uma professora da rede municipal de Sanharó é suspeita de ter colocado tranquilizante em um suco e servido para os alunos da Escola Municipal Nilza Leite Avelino na hora do intervalo no dia 6 de outubro. Nove crianças, com idades entre quatro e sete anos, passaram mal após ingerir a bebida e foram socorridas à Unidade Mista João XXIII. As crianças apresentavam sinais de sonolência e tontura.

De acordo com o prefeito do município, Fernando Edier, a Secretaria Municipal de Educação abriu sindicância para investigar o caso e afastou temporariamente a professora. “Estamos esperando o laudo do hospital para sabermos o que as crianças beberam. Se ficar comprovado que ela usou tranquilizante, será exonerada”.

© Verdade FM
BRLOGIC