Notícias » Interior

 

Últimas notícias

  • 10/11 15:04 - Mais de 100 toneladas de lixo são encontradas em penitenciárias de Itamaracá

    Continuar lendo
  • 9/11 21:13 - Mega-Sena especial tem 3 sorteios e prêmio de R$ 55 milhões nesta semana

    Continuar lendo
  • 9/11 21:09 - Campanha contra câncer de próstata do Hospital Português vai atender até 300 homens

    Continuar lendo
  • 9/11 21:08 - Atentado com mulheres-bomba deixa 4 mortos no Camarões

    Continuar lendo
  • 9/11 21:06 - OAB fechará posição sobre apoio ou não ao impeachment no início de dezembro

    Continuar lendo
  • 9/11 21:04 - Relator setorial do Bolsa Família contraria Barros e rejeita corte

    Continuar lendo
  • 9/11 20:59 - UPE começa a divulgar os cartões de inscrição do SSA3

    Continuar lendo
  • 9/11 20:58 - Agência do Trabalho oferece vagas de emprego em Santa Cruz do Capibaribe

    Continuar lendo
  • 9/11 20:57 - Duas mulheres morrem após colisão entre carro e cavalo em Garanhuns

    Continuar lendo
  • 9/11 20:56 - Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

    Continuar lendo

Família diz que menino morreu atropelado por metrô no Recife

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2015 às 20:56

A família de Max Mateus Antônio do Nascimento, 10 anos, afirma que o garoto teria sido atropelado por um trem do Metrô do Recife (Metrorec), próximo à estação Joana Bezerra, sentido Afogados. O acidente teria ocorrido no fim da tarde desse sábado (7), quando o o meninoo correu para dentro da estação, através de um buraco no muro, em busca de uma pipa. Max chegou a ser levado para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.  


A mãe de Max, Nair Coelho, entrou em contato com a Rádio Jornal do Commercio e disse que, segundo vizinhos, o maquinista não teria parado o veículo após o atropelamento para socorrer o garoto. "Saí de casa e quando voltei soube que meu filho tinha saído para empinar pipa com amigos próximo da linha do metrô. Os meninos conseguiram correr, mas ele ficou", disse a mãe do garoto. A área é proibida para circulação de pessoas e há um muro de proteção.Segundo moradores,  o acidente ocorreu quando o o meninoo correu para dentro da estação, através de um buraco no muro, em busca de uma pipa.



Segundo moradores, o acidente ocorreu quando o o meninoo correu para dentro da estação, através de um buraco no muro, em busca de uma pipa.



  •  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Rádio Jornal entrou em contato com a assessoria de imprensa do Metrorec, que negou o acidente, informando que não há registro de atropelamento. A rádio também procurou o Instituto de Medicina Legal (IML), que confirmou que o corpo do menino deu entrada no órgão.

PROTESTO – Neste domingo (8), em protesto pela morte de um menino de 10 anos, moradores da comunidade do Coque atearam fogo em pneus e interromperam a passagem do metrô nas imediações da estação Joana Bezerra. A população também jogou pedras nos veículos. Uma das queixas é a falta de manutenção dos muros. De acordo com moradores, uma criança foi atingida na semana passada pela queda de uma das placas que deveria assegurar que ninguém entrasse nos trilhos.

 

O Gati reagiu ao protesto com balas de borracha. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 12h15 para controlar as chamas.

 

© Verdade FM
BRLOGIC